Kite & Windsurf

O windsurf, windsurfe ou prancha à vela é uma modalidade esportiva e desde 1984 também olímpica. É praticado com uma prancha idêntica à prancha de surfe com uma vela entre 2 e 5 metros de altura. Consiste em planar sobre a água utilizando a força do vento. Criado pelo casal Newman e Naomi Darby na década de 1960, surgiu o protótipo do windsurfe. No entanto, a criativa ideia naquela oportunidade não foi bem entendida e o casal desistiu da invenção antes de patenteá-la.

Alguns anos mais tarde, em 1965, Hoyle Schweitzer (empresário e surfista) e Jim Drake (engenheiro aeroespacial e velejador), dois amigos que procuravam unir características do surfe com o velejo, patentearam o equipamento em 1968 e o batizaram de windsurfe. Praticado por adultos e crianças, hoje existem várias as categorias de competição, mas o mais importante ainda, é trabalhar seu velejo em meio a água, sol ao sabor do vento.

O Kitesurf, esporte, também conhecido como kiteboarding ou flysurf, tem na pipa (kite, em inglês), o seu grande diferencial. É um esporte onde também se plana na superfície da água, combinando aspectos de wakeboard, windsurf, surf, esqui, vôo livre e muita ginástica.

Utiliza a força do vento através de uma pipa numa wakeboard ou uma pequena prancha de surf, com ou sem pé-cintas ou ligações. É um dos esportes que mais crescem em todo mundo, versátil, empolgante e muito fácil de aprender. O kitesurf é um esporte maravilhoso, mas pode se tornar perigoso se não for praticado de maneira adequada.

O primeiro passo é, sem dúvida, fazer um curso com um instrutor profissional em uma escola adequada.